O que a ginástica cerebral pode fazer pela sua carreira

Método brasileiro de estimulação cognitiva tem 100 escolas no país. A ferramenta vem sendo cada vez mais usada por profissionais para aprimorar foco e raciocínio

As capacidades de aprender, focar, raciocinar, memorizar, liderar e resolver problemas de forma rápida e criativa podem – e devem – ser exercitadas por profissionais que querem alçar voos na carreira. Isso porque a neurociência já mostrou que o cérebro pode se desenvolver mesmo na vida adulta.

Os estudos mais recentes desta área da medicina estão movimentando o mercado de ginástica cerebral no mundo todo. Nos EUA, a prática já virou mania. As lojas de jogos que favorecem os processos de cognição e memória estão se espalhando pelo país.

Segundo a consultoria americana Sharpbrains, o mercado de ginástica cerebral movimentará US$ 6 bilhões em 2020, contra US$ 1 bilhão em 2012. O levantamento mostrou ainda que 94% das pessoas acreditarão que os cuidados com a saúde mental devem ser uma prioridade e 83% farão check-up anual do cérebro.

No Brasil, a rede SUPERA de Ginástica para o Cérebro já tem 100 escolas, com apenas sete anos de existência. Este é o primeiro e maior método pedagógico de desenvolvimento cognitivo do país. Por suas salas de aulas já passaram mais de 30 mil pessoas. Este ano, o destaque vem sendo o público de profissionais, que enxerga a necessidade de aprimorar seus poderes de aprendizado, memorização, observação, dedução e raciocínio.

Estes são os resultados de curto prazo no SUPERA, mas com o passar dos meses o aluno ganha em autoestima, paciência, persistência, agilidade para resolução de problemas e liderança. Como isso é possível? O material didático do SUPERA inclui a prática do ábaco, instrumento milenar de cálculo que faz o cérebro acionar áreas “adormecidas”, ativando novos neurônios. Além disso, são mais de 80 tipos de jogos de tabuleiro e dinâmicas de grupo, que desenvolvem visão estratégica e relacionamento interpessoal.

A ideia de que treinar o cérebro é importante para a carreira foi reforçada pelo escritor Gustavo Cerbasi. Em “Investimentos Inteligentes”, lançado em 2012, o autor disse que o exercício cerebral pode ajudar qualquer pessoa a ter as “habilidades necessárias para uma administração eficiente do próprio dinheiro e até se dar bem nos negócios”.

“O cérebro é uma máquina de possibilidades infinitas que realiza, a cada segundo, um milhão de novas ligações entre os neurônios. É tudo uma questão de treinamento”, escreveu Gustavo Cerbasi. A percepção dos resultados da ginástica cerebral vem aumentando em diversas áreas. O SUPERA é bom para crianças, vestibulandos, concurseiros e idosos que buscam qualidade de vida.

SUPERA – Departamento de Comunicação e Mídia (12) 3341 9929

Supera Vila Mariana
Rua Joaquim Távora, 1453 – Vila Mariana
CEP 04015-003 – São Paulo – SP
Fone: (11) 3181-2166