Sim, tamanho importa

Modelo 29"
Modelo 29"

Você usa no seu dia a dia uma calça 3 números maior que a sua cintura? E um sapato um número menor que o seu pé? Então, com a sua bicicleta não pode ser diferente. Saber qual é o melhor tamanho da roda de uma bicicleta, a tradicional roda 26”, a novidade do mercado 27,5” ou o rodão de 29” é fundamental. E este é um debate de muitas opiniões divergentes e que conta com defensores dos três modelos. Vamos dar uma geral nos prós e contras de cada tamanho e você tira as suas conclusões.

Modelo 26"

Modelo 26″

A clássica 26

Há anos, desde a criação do mountain bike (MTB), o aro 26” reinou único no esporte. Foi o tamanho de roda mais bem aceito e difundido no ocidente. Desde os criadores da modalidade, na Califórnia, instituiu-se como a melhor opção para a prática do MTB. É uma bike bem ágil, ligeiramente mais leve e por possuir um diâmetro menor de aro, seus raios são mais curtos e se tornam mais resistentes.

É uma bicicleta que permite boa aceleração e muito ágil da mudança de direção, em compensação absorve menos a irregularidade do terreno, tendendo a rolar menos suave que os outros tamanhos.

Aro 29”, a roda da vez

Esta é considerada a evolução da bicicleta, segundo fabricantes e grande parte dos ciclistas. É fato que a roda maior vai te dar um peso extra, aro maior, mais borracha e raios mais longos, mas em compensação ela transpõe buracos e imperfeições do terreno como nenhuma outra.

É uma bicicleta mais lenta na largada, mas, dada a grande circunferência da roda, uma vez quebrada a inércia ela tende a se manter em movimento com menos esforço que rodas menores. As rodas 29” tornam a bicicleta mais confortável e pronta para engolir obstáculos, mas é menos ágil que uma 26”.

É inegável que os rodões foram um alento para os altões, me desculpem a rima, mas parece que enfim fizeram uma bike para eles.

Modelo 27,5"

Modelo 27,5″

A nova 27.5”, o caminho do meio

Essa, que foi a última a chegar no mercado, promete ser o “melhor dos dois mundos”. Comparando uma roda 27.5” com aro 26” ela absorve melhor a irregularidade do terreno e diminui os solavancos dos buracos. Quando comparada com uma roda 29” ela é mais leve, mais resistente e mais ágil na condução.

O público em geral ainda está um pouco cético quanto a novidade, mas ela é uma realidade, haja vista que as principais marcas dos grandes fabricantes já tem em seus portfólios todos os modelos nas versões 29” e 27.5”, com as mesmas configurações.

Só para ilustrar um pouco mais a nossa conversa, no gráfico você pode ver um comparativo entre as rodas. Nele mostramos a área de contato dos pneus nos três tamanhos, a diferença do angulo de ataque nos obstáculos e o ganho de peso entre modelos.

Comparativo entre Rodas

Decidindo a melhor

Modismo, gosto, preferência, bom, não importa, O que importa é pedalar.

Alguns dados importantes que devem ser considerados na sua decisão são:

• O tamanho do quadro: existem tamanhos de quadro diferentes para diferentes estaturas e comprimento de pernas, pelos menos 2 tamanhos, para todos os modelos de mountain bike, e as melhores marcas, pelo menos 3 (P, M e G). O tamanho adequado ajusta o ciclista na bicicleta evitando lesões, acidentes e melhorando a performance.

• O tamanho da roda: Já falamos bastante sobre isso, mas em linhas gerais, há uma recomendação, e não é uma regra, que funciona mais ou menos assim: um ciclista de até 1,65 ficará melhor em uma aro 26”, até 1,75 vai bem na 27.5” e para aqueles que a natureza lhe presenteou com alguns centímetros a mais, inegavelmente as 29”.

• Componentes: a pergunta de sempre “eu preciso de tanta marcha?”. Sim e não. Ops. Quando você tem mais marchas em uma bicicleta quer dizer que ela tem marchas mais leves, isso ajuda um bocado nas subidas. Se a ideia é uma bike para deixar na praia e passear na orla, uma bicicleta com 21 marchas é mais do que suficiente, mas experimenta subir a Rua Manuel da Nóbrega sem a ajudinhas das 27 ou 30 marchas. Tudo é uma questão de adequar a bike ao seu uso.

• Tipo de bicicleta: road (speed), mountain bike, híbrida, fixa, full suspension, urbana, nossa, esse assunto é longo e não cabe nesse artigo, falamos mais sobre isso em outra oportunidade.

Agora fica a seu critério escolher o que é melhor para você. Procure uma bike shop no seu bairro e vá bater um papo, certamente eles terão muito prazer em lhe apresentar os modelos e tamanhos de roda para você decidir. Bom passeio.

Maurício-DominguesMaurício Domingues
Designer, ciclista e sócio na Base Bike Store.
http://www.basebikestore.com.br