De olho nos elevadores

Bombeiros chame 193
Corpo de Bombeiros chame 193

A partir dessa edição, o Corpo de Bombeiros de São Paulo terá um espaço para levar aos leitores da Villa informações sobre segurança no dia a dia. As informações também podem ser encontradas no site da corporação.
O intuito é divulgarmos os procedimentos que devem ser tomados em diversas situações para, juntos, através da comunicação, tentarmos minimizar os acidentes domésticos.

Nessa primeira coluna, o assunto são os elevadores. É importante ressaltar que o levador é um local seguro, com entradas de ar e sistemas de segurança que impedem a queda da cabine. Quer dizer, em caso de pane, você estará seguro. Essa informação é muito importante, pois ajuda no caso de pânico.

O melhor a ser feito quando o elevador pára, seja por queda de energia, excesso de peso ou por brincadeiras que causam balanço e solavancos, é manter a calma e usar o interfone para comunicar o problema. É importante chamar o atendimento especializado da empresa de manutenção. Depois disso, aguarde o resgaste e tente acalmar as pessoas presas no elevador. Para quem tem claustrofobia, o melhor é se manter em posição agachada, o que pode ajudar a aliviar a má sensação. Em hipótese alguma force a abertura das portas pelo lado de dentro do elevador. Muitas vezes, o elevador parou entre dois andares e os ocupantes tentam sair pelos vãos das portas. Isso pode provocar acidentes graves e algumas vezes fatais. Por isso, a melhor atitude é a que relatamos acima, procure se acalmar, acalme os outros passageiros e espere o resgate especializado.

Do lado de fora, existem algumas atitudes que podem ajudar a evitar acidentes. Por exemplo, não interrompa o fechamento das portas com as mãos, pés ou objetos. Muita atenção com as crianças, suas mãos, mochilas e objetos, para que não tentem o mesmo. Antes de entrar no elevador, olhe bem se a cabine está no andar. Atenção para o degrau, principalmente com idosos e crianças. Em caso de incêndios, utilize as escadas e não os elevadores. Importante, não deixe crianças brincando nas cabines.

Caso um passageiro tenha uma parte do corpo presa na cabine, aperte o botão de alarme e use o interfone para comunicar o problema. Solicite o desligamento da chave geral do elevador e chame o Corpo de Bombeiros pelo 193. É importante não tentar sair sozinho da situação.

Vale lembrar que o elevador é uma máquina e por isso precisa de manutenção periódica e uso correto. Fique de olho se há formação de degraus entre a cabine e o andar, se o fechamento das portas está regular ou se o elevador pára em andares não solicitados pelo usuário. Esses podem ser sinais de que o equipamento pode estar com problemas. Além da manutenção mensal é importante testar, periodicamente, o interfone da cabine. Esse é um item fundamental em uma situação de emergência.

Em caso de emergência, chame 193

Se não for uma emergência:
Twitter: @BOMBEIROSSPMESP
Facebook: /CorpoDeBombeirosdaPMSP
www.corpordebombeiros.sp.gov.br

Dicas Uso de Elevadores - Corpo de Bombeiros SP

Dicas Uso de Elevadores – Corpo de Bombeiros SP