Verás que um filho teu não foge à luta!

Taís Rochel Campeã Brasileira e Sul-americana - Escola de Esgrima Abel Melian
Taís Rochel Campeã Brasileira e Sul-americana - Escola de Esgrima Abel Melian

Há, aproximadamente, três mil anos nascia a esgrima. As referências mostradas em pinturas egípcias e gregas assinalam guerreiros e suas espadas. Mesmo na bíblia é fácil ver a referência às espadas. E essas inúmeras evidências, há séculos, são encontradas no mundo todo. Um templo japonês, de 1170 a.c., por exemplo, tinha imagens de homens com armas pontiagudas e com bicos de proteção.

Mas, as primeiras regras da esgrima só surgiram na Baixa Idade Média. Encontradas na Grécia antiga, em escritos Vikings e contos Germânicos. A partir daí, países como Alemanha e Itália desenvolveram a prática.

Em 1896, em Atenas, aconteceram os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna. Um das modalidades presentes era a esgrima que, a partir de então, não faltou aos jogos. A modalidade se dividia em Florete, Sabre e Espada, essa última disputada apenas após 1900. As mulheres começaram a competir nas Olimpíadas de 1924 e hoje, pouca gente sabe, já temos uma que se destaca nos campeonatos brasileiros.

Estamos falando de Taís Rochel, nove vezes campeã Brasileira e campeã Sul-americana na categoria, que tem como objetivo ser medalhista nas Olimpíadas de 2016 e no Panamericano de 2015. Taís carrega, tatuada no corpo, a frase

verás que um filho teu não foge à luta

e praticante do Método DeRose, e tem o apoio da unidade Vila Mariana, que nos passou uma entrevista exclusiva com a atleta. Confira!

Qual o significado da esgrima na sua vida?

A esgrima é uma vida paralela que eu levo, o que acontece na minha vida, acontece na esgrima, ela é vital para mim, pratico há 24 anos. A influência para praticar o esporte veio do meu pai e do meu irmão mais velho. Já fui campeã brasileira nove vezes, meu maior objetivo são as Olimpíadas 2016 e, quem sabe, ser medalhista nos Jogos Panamericanos de 2015.

O que um atleta de esgrima precisa para ser campeão?

Precisa ser muito disciplinado, determinado, precisa ter foco. Isso é importante para qualquer atleta.

Como que é o seu treinamento?

Ele é descontraído, mas bem determinado, focado nos meus objetivos. Divido em quatro partes, técnica, tática, preparação física e o Método DeRose, que me ajuda na conquista dos meus objetivos.

Método DeROSE

Método DeROSE

Qual os benefícios do Método DeRose para você?

Me ajuda muito a controlar minhas emoções. A prática da esgrima exige muito isso e era que me faltava, a administração das emoções. Já estou tendo resultados que fazem a diferença.

Você acredita que o Método DeRose pode contribuir no seu sonho de ser campeã mundial?

Eu não tenho dúvida disso. Quero ser campeã nos Jogos Panamericanos. Meus objetivos são os Olímpicos de 2015 e 2016, falta muito pouco para conseguir e nisso o Método DeRose vai me ajudar.

Você indicaria o Método DeRose para outros atletas?

Sim. Inclusive, muitas pessoas já perceberam algumas mudanças na minha esgrima e perguntam o que tenho feito para ter mais foco e administrar melhor minhas emoções. É o que falta para muitos atletas.

Passe uma mensagem para quem é atleta e pretende defender o Brasil.

Vocês precisam acreditar nos seus objetivos e sonhos e têm que ter muita força de vontade. Com certeza, a conquista é uma coisa que flui e a consequência disso é o sucesso. O esforço sempre vai ser recompensado, é o resultado de todo trabalho que você está tendo.

Benefícios da esgrima

A esgrima oferece uma série de benefícios para a saúde. Além de um excelente exercício aeróbico, traz benefícios cardiovasculares e diminui o risco de doenças cardíacas. Por ser um esporte dinâmico, diminui o estresse e queima calorias. Ganho de força, coordenação e flexibilidade também são alguns dos benefícios. Além disso, faz bem à mente, sendo muitas vezes comparada ao xadrez, por envolver estratégias e velocidade de raciocínio.