Editorial – Ver além!

Edição 49 – Editorial

Qual seu conceito de enxergar? Abrir os olhos, ver as cores e os movimentos? Sim, essa é uma parte do enxergar que dá muito prazer. Agora, experimente fechar os olhos e, por alguns momentos, sentir. O vento, os cheiros, o mundo, as pessoas. Sentir a vida, longe das máquinas, perto do calor dos seus semelhantes. Treinar a mente para viver sem ver, ver além. A matéria de capa dessa edição me fez refletir muito sobre o assunto. Como em “Ensaio sobre a Cegueira”, de José Saramago, que criou personagens que perdiam a visão e isso tirou a estrutura do mundo.

E porque? Será que vivemos uma época em que o ver é mais importante do que o tocar, sentir? Que grande parte das nossas tomadas de decisões estão baseadas no que vemos? Será que não subestimamos os nossos outros sentidos? Deixamos as máquinas tomarem conta deles. E como faz quem não tem mais os olhos para enxergar? Não vive? Muito pelo contrário.

Há um ano conheci Nelson Rodoveri Junior, o Cuca, empresário na Vila Mariana, que perdeu a visão em plena juventude produtiva, aos 30 anos de idade. Tive a oportunidade de conhecer o mundo de quem não tem os olhos para enxergar. E é maravilhoso o jeito que essas pessoas encontram para viver. Indo além, deixando as referências da visão dos olhos de lado e usando todos seus sentidos para se adaptarem no mundo. O Cuca faz isso muito bem e ensina muito nessa matéria, principalmente para os que já estão treinados a ver além.

Virando a página trouxemos, mais uma vez, o turismo em Portugal. O país é fascinante e vale se descoberto e redescoberto inúmeras vezes. Viajamos para Ericeira, uma pequena vila de pescadores ao norte de Lisboa, o lugar perfeito para apreciar o dia a dia dos portugueses que vivem no litoral.

E para dar uma volta fora da Vila, conhecemos Itupeva, uma pequena cidade do interior de São Paulo que vale a visita. Pois, além de ser um lugar que transpira qualidade de vida, bem próximo de São Paulo e com ótimas opções de condomínios para morar ou passar as férias, se tornou, segundo pesquisas, um dos municípios que mais desenvolvem no país nos últimos anos. Quer dizer, uma ótima opção para investidores de plantão. Então, está esperando o que? Pegue sua Revista Villa Marianna, escolha sua poltrona mais confortável e uma ótima leitura!