Ocupe-se!

Metodo DeRose
Metodo DeRose

Existe um axioma do mundo dos negócios que diz: quer algo feito? Delegue para alguém ocupado. É interessante que, após exposto a uma nova ideia, como esta acima, passamos a observar as situações com a intenção de comprova-la ou refuta-la. Sobre esse tema, já pude comprovar, observando a mim mesmo e outras pessoas, algumas dessas frases de sabedoria popular, que citarei a seguir. Convido-o a fazer o mesmo a partir de hoje.

Quer algo feito? Delegue para alguém ocupado.

Existe um conceito na natureza chamada inércia, essa propriedade da matéria determina que um corpo em movimento permanecerá em movimento, a não ser que impedido por outra força, e um corpo em repouso também tende a continuar assim. Uma pessoa ocupada está em um ritmo acelerado de movimento de realização e tende a continuar realizando, já uma pessoa desocupada precisaria de um esforço muito maior para iniciar uma atividade.

O tempo que levamos para concluir qualquer trabalho se adapta ao tempo que temos disponível para realizá-lo

Um ótimo exemplo dessa afirmação é o tempo entre acordar e ir trabalhar. Quando você acorda com o despertador, no horário programado, faz todos os seus rituais matinais sem pressa – cada um tem os seus e o tempo pode variar enormemente de uma pessoa para outra. Agora, lembre-se daquele dia que você desligou o despertador e foi dormir só mais 5 minutinhos antes de se levantar e, quando se deu conta, acordou com apenas 10 minutos para se arrumar e sair. O mais impressionante é que você consegue cumprir a tarefa em 10 minutos (com menos qualidade, é claro)!

Quem se ocupa, não se preocupa (DeRose)

Já ouviu alguém muito ocupado parar o seu trabalho para se preocupar ou reclamar? Repare que as pessoas que mais se preocupam e até mesmo aquelas que mais reclamam, são quem tem tempo pra isso. Quem está muito ocupado trabalhando e realizando, não perde tempo com preocupações ilusórias e reclamações que não levam a lugar nenhum. Isso me lembrou de outra frase muito boa “quem diz que é impossível, deve sair da frente daqueles que estão fazendo”. Além do mais, pessoas que não trabalham e tem tudo muito fácil na vida, sem desafios, tendem a desenvolver depressão pela falta do estímulo biológico: luta-conquista-recompensa.

Quer saber mais sobre isso, busque  o texto de autoria do escritor DeRose chamado Síndrome da Felicidade. A realidade é que o mundo é de quem faz, não de quem pensa, nem de quem dá palpite e, muito menos de quem reclama. Encerro a coluna de hoje com outra frase, essa do John Richardson Jr: existem três tipos de pessoa: aquelas que deixam acontecer, aquelas que fazem acontecer e aquelas que ficam se perguntando o que aconteceu.

DANILO CHENCINSKI

Danilo Chencinski é diretor do Método DeRose Vila MAriana e sócio da Go Life Performance. www.derosevilamariana.com.br