Evite incêndios

Evite Incêndios - Por Fabiano Godoy
Evite Incêndios - Por Fabiano Godoy - Imagem Shutterstock

Por Fabiano Godoy

Soltar balões é uma brincadeira que pode resultar na tristeza de muita gente. Além disso, bem como fabricar, vender ou transportar, é Crime Ambiental. Está previsto na Lei 9.605 de 12/02/13, no Art. 42. A pena é reclusão de 1 a 3 anos.

É bom saber que o período de maior ocorrência de incêndios em vegetação, em São Paulo, fica entre os meses de Junho e Outubro. Além do clima seco e ventos frios à noite, há também as festas juninas e as queimadas agrícolas. E não há defesa contra o uso de balões. A cada três balões que sobem, dois caem acesos. A queda implica em grave risco de ocorrências.

Os balões podem atingir aeronaves e causar tragédias. Denuncie o uso de balões pelo telefone 181. O sigilo é absoluto. Além dos balões, outros hábitos podem provocar incêndios. Por isso, nunca jogue pontas de cigarro em locais inapropriados, principalmente nas rodovias, próximo a vegetações. A bituca, além de poluir, pode provocar grandes incêndios. Evite fazer fogueiras, as fagulhas podem ser levadas pelo vento e espalhar as chamas. Caso seja necessário, procure uma área afastada e sem vegetação. Criança não deve brincar com fósforos e isqueiros. O risco é sempre imprevisível.

Não solte fogos de artifícios próximo a áreas florestais. Nunca queime seu lixo, qualquer descuido pode causar grandes incêndios. Tente reaproveitar ou reciclar. Muita atenção com o uso de velas. Elas podem parecer inofensivas, mas há o risco de causarem incêndios de grandes proporções. Se você vive em área rural, mantenha seu terreno limpo, capine as cercas e divisas de sua propriedade. Previna que incêndios nas redondezas se alastrem para seu terreno.

Crimes Ambientais Causar incêndios em florestas é crime ambiental, sujeito à multa e prisão. O uso indiscriminado das queimadas em áreas rurais, além de provocar o empobrecimento do solo e também pode ser considerado crime contra o Meio Ambiente. Conheça a legislação sobre esse assunto, como a Lei Estadual 10.547/2000, o Decreto Estadual 56.571/2010 e a Resolução SMA 23/2011. Elas estão disponíveis em www.ambiente.sp.gov.br/cortafogo.

Em caso de emergência mantenha a calma, passe o endereço da emergência com nome da cidade, rua, número e algum ponto de referência. Confie e responda às perguntas do atendente do Corpo de Bombeiros.

O serviço 193 destina-se a emergências.

Imagem Shutterstock