Os ciclistas e o comércio

Em junho de 2014 a Prefeitura de São Paulo fez um anuncio ambicioso: a construção de 400km de ciclovias até o final de 2015.

Alguns torceram o nariz, outros pularam de alegria com essa notícia, mas a verdade é que as ciclovias são uma realidade na cidade. Um tema polêmico que gerou crítica de alguns comerciantes afirmando que o movimento caiu por conta da falta de estacionamento em algumas ruas, outros já enxergaram uma oportunidade de negócio, inclusive adaptando o ambiente para recepcionar os ciclistas.
Mas essa reclamação não é exclusiva de São Paulo, outras cidades do Brasil e até cidades como Copenhagen (localizada na Dinamarca, símbolo da mobilidade por bicicletas) tiveram resistência na implantação das faixas exclusivas.

Um fator importante a ser observado é que os ciclistas visitam os estabelecimentos com mais frequência por uma simples regra: a capacidade de carga é menor. Isso faz com que ele acabe consumindo mais daquele estabelecimento. Mais visitas, mais vendas.

Ok, mas será que essa regra funciona em uma cidade como São Paulo? Claro. Temos um exemplo claro de aumento no faturamento. Uma ciclofaixa foi instalada bem em frente de uma famosa lanchonete na região da Vila Olímpia, com algumas adaptações (paraciclos), os donos viram seu movimento subir, pois o ciclista consome (e muito!), basta dar condições para que ele se sinta bem.

Já existem empresas especializadas em adequar estabelecimentos interessados em receber ciclistas, como a Ciclomídia, que orienta os comerciantes e conduz a adaptação do local da melhor forma.
Aos poucos os comerciantes perceberão que o movimento de seus estabelecimentos não cairá, pelo contrário, o ciclista passa mais devagar e as chances de parar e consumir é muito maior.

É só questão de não olhar para o “lado vazio” do copo, as ciclovias existem, os ciclistas existem e são ótimos consumidores.

Emerson Violin
Ciclista, Proprietário da Bikentrega
Pai, Marido, Filho e agora Colunista

Rua Dona Brigida, 710
Vila Mariana – São Paulo / SP
Tel.: (11) 2307-2050
wwww.bikentrega.com.br